Busca avançada
Ano de início
Entree

A educação física e os esportes nos "modelos" e prescrições de hollanda loyola para ação integralista brasileira da década de 1930

Processo: 10/10386-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Diana Gonçalves Vidal
Beneficiário:Renata Duarte Simões
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Educação física

Resumo

O estudo objetiva dar prosseguimento à pesquisa iniciada no doutorado direcionando olhares para a atuação de Francisco de Assis Hollanda Loyola na Ação Integralista Brasileira (AIB) nos diferentes cargos que ocupou, pensando, também, no que prescreveu ao Brasil e em tudo de inovador que seus escritos representaram para os quadros do movimento e para a sociedade da época. Loyola atuou como Mestre de Campo da Milícia no Distrito Federal/RJ e como diretor da Escola de Instructores de Educação Physica integralista, instituindo um modo inovador de conceber a prática esportiva e o treinamento físico. Pesquisar a ação de Hollanda Loyola na AIB por meio dos impressos e documentos integralistas, a partir de seus escritos e, ainda, das cartas que trocou com outros militantes, se justifica por vislumbrar, por um novo prisma, aspectos sobre a educação física e os esportes propagados pelo integralismo nos anos 1930 em suas concessões e embates com algumas concepções sociais do momento. A atuação de Loyola na AIB, ainda não estudada, apresenta-se como fato inédito para área da Educação Física, o que reafirma a importância de investimentos nessa temática e torna a pesquisa inovadora. O período a ser estudado estende-se de 1932 a 1944, tendo como justificativa, para a data inicial, ser ela o ano de fundação do integralismo. Como justificativa para a data final, aponta o afastamento de Hollanda Loyola do cargo de diretor da Revista Educação Physica, cargo que assumiu em 1939, e das atividades que com outros militantes vinha desenvolvendo de maneira ilegal em decorrência da extinção da AIB por determinação do governo ditatorial de Getúlio Vargas, em 1938. A enfermidade, que se seguiu de morte em 1945, foi determinante para que Loyola abandonasse suas funções em 1944. A pesquisa analisa, fundamentalmente, impressos e documentos que se encontram em arquivos no Rio de Janeiro e em São Paulo, cartas trocadas entre Loyola e demais integralistas, inclusive Plínio Salgado, e os prontuários que compõem o acervo criminal da Polícia Política organizado pela Delegacia Especial de Segurança Política e Social (DESPS/RJ). O estudo busca fomentar o debate sobre a educação física e os esportes na AIB a partir do prescrito por Loyola, assim como contribuições advindas das práticas que organizou para o movimento e que, possivelmente, tenham se propagado pela sociedade.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)