Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da mobilização de cálcio e da apoptose em cérebro de ratos durante o envelhecimento

Processo: 04/13183-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Soraya Soubhi Smaili
Beneficiário:Rodrigo Portes Ureshino
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Mitocôndrias   Sistema nervoso central   Apoptose   Cálcio

Resumo

O envelhecimento cerebral é marcado pelo déficit das funções cognitivas que podem estar associados com patologias neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer ou a doença de Parkinson, que ocorrem expressivamente na população idosa. Os mecanismos celulares envolvidos com estas doenças permanecem em discussão. Alterações na homeostase do cálcio é uma das hipóteses que têm sido investigadas. Estudos demonstraram que durante o processo de degeneração, alterações na regulação do cálcio intracelular e excitotoxicidade têm sido observadas. A mitocôndria, sendo um importante modulador do cálcio intracelular, tem sido relacionada ao processo de envelhecimento e da morte celular. Nossos estudos anteriores mostram que no envelhecimento pode ocorrer um aumento no número de células apoptóticas do tecido nervoso periférico intestinal que está relacionado a uma provável disfunção mitocondrial e a lesões na ultraestrutura desta organela. Com base nessas informações visamos investigar alterações na sinalização de cálcio em tecidos do sistema nervoso central de ratas no envelhecimento. Estes dados serão co-relacionados a possíveis alterações estruturais da mitocôndria e ao estudo da apoptose. Para tanto, fatias de cérebro serão estudadas quanto à homestase de cálcio em tempo e espaço reais com auxílio de microscópio confocal e de fluorescência. Além disso, estas fatias de animais velhos serão fixadas para realização de reações de TUNEL (medida da apoptose) e para os estudos ultraestruturais em microscópio eletrônico. (AU)