Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in situ/ex vivo da resistência adesiva do esmalte previamente submetido à erosão associada ou não à abrasão

Processo: 09/01377-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Linda Wang
Beneficiário:Ana Carolina Hipólito
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Escovação dentária   Esmalte dentário   Adesivos dentinários   Erosão dentária   Resistência de união (odontologia)

Resumo

As superfícies de esmalte dentário quando erodidos, frequentemente necessitam ser restauradas. Desta forma, as alterações provocadas no esmalte devem ser investigadas quanto ao seu comportamento frente a adesão, uma vez que as resinas compostas, na maioria dos casos, são o material de eleição. O objetivo neste estudo será de avaliar, em modelo in situ/ex vivo, a influência do refrigerante tipo cola associado ou não a escovação provocado por meio da análise de resistência adesiva por microtração. As hipóteses nulas a serem testadas são de que: 1- Não há diferença de resistência adesiva ao esmalte com ou sem erosão por refrigerante tipo cola; 2- Não há diferença de resistência adesiva ao esmalte associado ou não a escovação. Oitenta espécimes de 4mm x 4mm serão obtidos de incisivos bovinos e após polimento, oito unidades serão inseridas em cada placa de acrílico em dez voluntários previamente instruídos. Os tratamentos a serem realizados serão: GI- dois espécimes em saliva por uso intrabucal, sem tratamento adicional (grupo controle); GII- dois espécimes desafiados 3x/5 minutos diários em refrigerante tipo cola. Os grupos III e VI serão similares aos anteriores porém associados à escovação com uso de escovas elétricas por 1 minuto logo após o desafio proposto. Após o período in situ, os blocos serão devidamente limpos e reconstruídos com sistema adesivo convencional (ácido fosfórico a 37% gel) de dois passos Single Bond 2 e com resina composta nanoparticulada Filtek Z350. Após 24 horas de imersão em água, os blocos serão submetidos a cortes para obtenção de palitos da ordem de 1,0mm x 1,0mm para serem testados sob microtração a velocidade de 0,5mm/min e carga de 100Kg. Os dados serão tabelados e se passarem no teste de distribuição normal, as análises serão realizadas pelo teste de ANOVA e comparações múltiplas com Tukey, ambos com p<0,05. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASAS-APAYCO, LESLIE CAROLL; DREIBI, VANESSA MANZINI; HIPOLITO, ANA CAROLINA; ZARDIN GRAEFF, MARCIA SIRLENE; RIOS, DANIELA; MAGALHAES, ANA CAROLINA; RABELO BUZALAF, MARLIA AFONSO; WANG, LINDA. Erosive cola-based drinks affect the bonding to enamel surface: an in vitro study. Journal of Applied Oral Science, v. 22, n. 5, p. 434-441, SEP-OCT 2014. Citações Web of Science: 6.
LESLIE CAROLL CASAS-APAYCO; VANESSA MANZINI DREIBI; ANA CAROLINA HIPÓLITO; MÁRCIA SIRLENE ZARDIN GRAEFF; DANIELA RIOS; ANA CAROLINA MAGALHÃES; MARÍLIA AFONSO RABELO BUZALAF; LINDA WANG. Erosive cola-based drinks affect the bonding to enamel surface: an in vitro study. Journal of Applied Oral Science, v. 00, n. ahead, p. 00-00, Jun. 2014.
WANG, LINDA; CASAS-APAYCO, LESLIE C.; HIPOLITO, ANA CAROLINA; DREIBI, VANESSA MANZINI; GIACOMINI, MARINA CICCONE; BIM JUNIOR, ODAIR; RIOS, DANIELA; MAGALHAES, ANA CAROLINA. Effect of simulated intraoral erosion and/or abrasion effects on etch-and-rinse bonding to enamel. AMERICAN JOURNAL OF DENTISTRY, v. 27, n. 1, p. 29-34, FEB 2014. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.