Busca avançada
Ano de início
Entree

Inquisição de Lisboa: os inquisidores e a prática inquisitorial

Processo: 05/00564-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2005
Vigência (Término): 10 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Laura de Mello e Souza
Beneficiário:Bruno Guilherme Feitler
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/10367-0 - Dimensões do Império Português: investigação sobre as estruturas e dinâmicas do Antigo Sistema Colonial, AP.TEM
Assunto(s):Inquisição

Resumo

Este projeto de pós-doutorado tem como objetivo analisar a práxis dos inquisidores do tribunal do Santo Ofício de Lisboa, tendo como marcos cronológicos a estabilização de seu funcionamento em 1552 e as grandes reformas realizadas na época pombalina, em 1774. O estudo será feito a partir das variações dos procedimentos inquisitoriais de acordo com o tempo e o espaço, das carreiras dos inquisidores e dos processos em que atuaram. Buscaremos, deste modo, contribuir para a compreensão do quadro institucional e jurídico, ou seja, de parte das estruturas políticas que regiam Portugal e o mundo atlântico português do Antigo Regime.