Busca avançada
Ano de início
Entree

O saber das letras: condicoes, agentes e pratica nos estudos menores, minas gerais, (1750-1834).

Processo: 08/53523-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 27 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Laura de Mello e Souza
Beneficiário:Álvaro de Araujo Antunes
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/10367-0 - Dimensões do Império Português: investigação sobre as estruturas e dinâmicas do Antigo Sistema Colonial, AP.TEM
Assunto(s):História cultural   Educação   Professores   Minas Gerais

Resumo

A pesquisa proposta enfoca os professores, mestres e alunos que viveram e atuaram em Mariana entre 1750 e 1834. Por um lado, trata dos projetos e propostas da metrópole portuguesa e do império brasileiro, nos seus primeiros anos de independência, direcionadas ao fomento da cultura letrada e escolar no Brasil. Por outro lado, aborda as contingências do ensino e as possibilidades educacionais abertas ao alunado pelos mestres e professores, régios e privados. Apresenta a intenção de analisar as concepções e diretrizes dos planos educacionais do período; o papel dos agentes mediadores na difusão da cultura letrada; as representações e funções associadas ao saber letrado; os instrumentos e os livros que serviam a prática escolar; o perfil e o ambiente sociocultural dos mestres, professores e alunos. Em suma, é proposta uma investigação do cotidiano, de práticas, apropriações e representações que estabeleciam os contornos da cultura letrada e escolar nas Minas Gerais. (AU)