Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do efeito de diferentes tratamentos térmicos sobre a temperatura de transição vítrea de resinas acrílicas, por meio de calorimetria exploratória diferencial

Processo: 02/06919-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2002
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Vergani
Beneficiário:Marines de Oliveira Alves
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento térmico   Resinas acrílicas

Resumo

A readaptação de bases de próteses pode ser realizada por meio de reembasamento imediato, utilizando-se resinas acrílicas autopolimerizáveis, especialmente formuladas para esse fim. Ao final da reação de polimerizaçâo, a conversão do monômero em polímero não é completa e, assim, essas resinas geralmente apresentam monômero residual, que pode comprometer suas propriedades mecânicas e causar reações nos tecidos que mantêm contato com a base da prótese. A temperatura de transição vítrea (Tg) é definida como a temperatura na qual o polímero apresenta a transição do comportamento vítreo para borrachóide. A Tg é reconhecida como um dos mais importantes parâmetros dos materiais poliméricos, devido à sua influência significante sobre as propriedades mecânicas. Tem sido observado que baixos valores de Tg podem estar relacionados a níveis mais altos de monômero residual. Portanto, a utilização de métodos que proporcionem a redução desse conteúdo poderia favorecer a Tg e, consequentemente, as propriedades finais obtidas, contribuindo para o sucesso do tratamento a longo prazo. Com base nessas considerações, o objetivo deste projeto será analisar a Tg de resinas acrílicas indicadas para o reembasamento do tipo imediato bem como o efeito de diferentes tratamentos térmicos (imersão em água aquecida e irradiação com microondas), realizados após a polimerização, sobre essa propriedade. Essa análise será realizada por meio de calorimetria exploratória diferencial. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
URBAN, VANESSA M.; MACHADO, ANA L.; ALVES, MARINES O.; MACIEL, ADEILTON P.; VERGANI, CARLOS E.; LEITE, EDSON R. Glass transition temperature of hard chairside reline materials after post-polymerisation treatments. GERODONTOLOGY, v. 27, n. 3, p. 230-235, SEP 2010. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.