Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratificação de risco cardiovascular em pacientes com síndrome da apnéia obstrutiva do sono (estudo ERA)

Processo: 06/59568-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Sergio Tufik
Beneficiário:Fatima Dumas Cintra
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14303-3 - Center for Sleep Studies, AP.CEPID
Assunto(s):Apneia do sono   Arritmias cardíacas   Hipertensão   Insuficiência cardíaca

Resumo

A Síndrome da Apnéia Obstrutiva do sono (SAOS) é uma condição relacionada a diversos eventos cardiovasculares, em especial hipertensão arterial sistêmica, arritmias cardíacas, insuficiência coronariana e insuficiência cardíaca. A determinação de uma relação causal é difícil de ser estabelecida em virtude de inúmeros fatores confundidores, em especial a obesidade. A maioria dos estudos relacionados às conseqüências cardiovasculares foram realizadas em pacientes obesos. A obesidade por si só pode determinar o aparecimento de hipertensão, inflamação, lesão endotelial, dislipidemia, dentre outras. Os autores tem como hipótese que as conseqüências cardiovasculares da SAOS são secundárias a obesidade e sobrepeso. Desse modo, os objetivos desse trabalho são: Avaliar a freqüência de doenças cardiovasculares em pacientes portadores de SAOS, obesos, sobrepesos e magros (IMC≤25). Avaliar a influência do tratamento com CPAP na evolução clínica de pacientes com SAHOS. Determinar se a SAHOS é um fator desencadeante ou causal da arritmia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Instituto do Sono é referência internacional em pesquisa