Busca avançada
Ano de início
Entree

Genética epidemiológica do sono: análise da influência de polimorfismos nos genes Reverb alfa e Bmal1 na determinação dos cronotipos matutinos e vespertinos em uma amostra da população brasileira

Processo: 06/58104-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Sergio Tufik
Beneficiário:Rosa Maria Rodrigues Pinto Santos Castro
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14303-3 - Center for Sleep Studies, AP.CEPID
Assunto(s):Polimorfismo genético   Sono

Resumo

O sono é um comportamento vital que consome um terço da vida humana. Diferenças individuais na duração e no horário do sono e a preferência por horários para o desempenho de atividades diárias estão associadas aos chamados cronotipos, que é uma propriedade do sistema de temporização circadiana. Indivíduos que preferem dormir cedo e desempenhar atividades pela manhã são do cronotipo matutino, enquanto os que preferem dormir tarde são chamados vespertinos. Estudos com os cronotipos trouxeram a tona o problema de adaptação dos indivíduos a organização temporal da sociedade e suas implicações na saúde e produtividade humana. O cerne do sistema de temporização circadiano é composto de mecanismos intracelulares nos quais proteínas compõe alças de retro alimentação que envolvem a transcrição de alguns genes, conhecidos como genes relógio. Uma série de pesquisas tem demonstrado que mutações nos genes relógio estão associadas à suscetibilidade a distúrbios de ritmo. Neste projeto pretendemos buscar polimorfismos nos genes relógio Reverb alfa e Bmal1, principalmente em sítios de ligação de fatores de transcrição e de elementos de ligação em regiões promotoras, tentando correlacioná-los com a matutinidade e vespertinidade dos indivíduos em uma amostra da população brasileira. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASTRO, ROSA M. R. P. S.; BARBOSA, ANA A.; PEDRAZZOLI, MARIO; TUFIK, SERGIO. Casein kinase I epsilon (CKI epsilon) N408 allele is very rare in the Brazilian population and is not involved in susceptibility to circadian rhythm sleep disorders. Behavioural Brain Research, v. 193, n. 1, p. 156-157, NOV 3 2008. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.