Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de adições recicladas de resíduos industriais não pozolânicos em propriedades relacionadas ao comportamento da resistência e da durabilidade do concreto autoadensável de alto desempenho.

Processo: 09/10402-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Mário Morio Isa
Beneficiário:Rudney Hendrigo da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Desenvolvimento sustentável   Resistência à compressão

Resumo

O concreto autoadensável de alto desempenho (CAAD) possui alta resistência mecânica, devido às baixas relações água/cimento que os aditivos superplastificantes proporcionam, e é capaz de fluir no interior da forma, preenchendo seu volume naturalmente, passando entre as armaduras e consolidando-se unicamente sobre a ação de seu peso próprio, sem qualquer compactação.Esta pesquisa tem por objetivo verificar a influência da atividade pozolânica com o cimento Portland, superfície específica, forma e textura de adições recicladas não pozolânicas de resíduos industriais de calcário e de basalto no comportamento de propriedades associadas à resistência e à durabilidade dos CAADs, às idades de 7, 28 e 63 dias. O comportamento da resistência mecânica é avaliado através dos ensaios de resistência à compressão e de resistência à tração por compressão diametral. Os ensaios relacionados ao comportamento da durabilidade são de absorção por imersão, índice de vazios e massa específica e absorção de água por capilaridade e ascensão capilar. Além disso, há a compreensão que existe uma estreita relação entre a durabilidade das estruturas de concreto contemplada pela primeira vez em dois capítulos da NBR 6118/2003 e a resistência mecânica frente ao tipo e o nível de agressividade previsto nesta especificação, a qual se associa ainda a sustentabilidade devido à utilização destas adições decorrentes destes resíduos sólidos industriais. Para avaliar a influência da atividade pozolânica dos resíduos sólidos industriais é determinada a composição mineralógica, através de difratometria de raios-X para indicar a presença de reatividade destes resíduos com o hidróxido de cálcio. Para tanto, utiliza-se de uma análise química das pastas dosadas com os resíduos industriais para detectar materiais pozolânicos potencialmente reativos, através do ensaio de fluorescência de raios-X. A literatura consultada sugere que a manifestação física das reações pozolânicas é mais importante para o aumento da durabilidade e da resistência. Dessa forma a distribuição granulométrica do fíler também é realizada.Como os CAADs são dosados de acordo com metodologia executada em três etapas, objetiva-se ainda verificar a influência dos finos no comportamento destes no estado fresco através de fluidez, capacidade de passar por entre as armaduras e coesão.Finalizam-se os objetivos determinando a resistência à compressão para correlacionar com os resultados dos ensaios associados à durabilidade e a resistência à tração por compressão diametral para potencializar a sua utilização como material de reparo em estruturas de concreto.