Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao do processo de fitorremediacao de pesticidas organoclorados em amostras de mamona e soja utilizando diferentes metodologias de extracao

Processo: 08/58949-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Sandra Regina Rissato
Beneficiário:Diego Vinícios Carraro Jorge
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Contaminação   Fitorremediação

Resumo

Na procura de alternativas para despoluir áreas contaminadas por diferentes compostos, procura-se identificar técnicas que apresentem eficiência na descontaminação, simplicidade na execução, menor tempo demandado pelo processo e menor custo. Nesse contexto, aumenta o interesse pela utilização da biorremediação, caracterizada como uma técnica que objetiva descontaminar solo e água por meio de utilização de organismos vivos, como microorganismos e plantas. A asserção do devido trabalho consiste na análise da eficiência das plantas Ricinus communis L. (mamona) e a Glycine max (soja) no processo de fitorremediação de solos contaminados com compostos organoclorados, sob condições controladas (casa de vegetação). Para avaliação dos compostos organoclorados nas amostras das plantas serão envolvidas metodologias de extração convencional, SFE e MSPD. Já a identificação dos gradientes dos compostos organoclorados, serão realizados por cromatografia gasosa de alta resolução acoplada a um detector de captura de elétrons (GC-ECD). O estudo e a subsequente avaliação da interação entre o solo, a planta, e o poluente, são necessários e constituem uma promissora área de pesquisa para a remediação do ambiente, onde os resultados obtidos contribuem para a tecnologia nacional. Além disso, as plantas utilizadas, soja e mamona, na fitorremediação poderão ser aproveitadas para a obtenção de biodiesel. (AU)