Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação entre marcadores precoces da lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica e padrões da tomografia de impedância elétrica

Processo: 02/07897-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2003
Vigência (Término): 31 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Marcelo Britto Passos Amato
Beneficiário:Ivany Araujo Lopes Schettino
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/05303-4 - Novas estratégias em ventilação artificial: diagnóstico e prevenção do barotrauma/biotrauma através da tomografia de impedância elétrica (TIE), AP.TEM
Auxílio(s) vinculado(s):03/11017-0 - Correlação entre marcadores precoces da lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica e padrões da tomografia de impedância elétrica, AP.PRIM
Assunto(s):Resposta inflamatória   Insuficiência respiratória

Resumo

Objetivo: Num modelo de ventilação mecânica em porcos com insuficiência respiratória induzida pela lavagem do surfactante pulmonar com solução salina, determinar o preço biológico, em termos de resposta inflamatória, de diferentes níveis de colapso/hiperdistensão pulmonar monitorados pela tomografia de impedância elétrica (TIE). Procedendo-se a uma monitoração "on-line" com a TIE, os animais serão submetidos a diferentes níveis de PEEP/pressão inspiratória, coletando-se amostras de sangue e de lavado broncoalveolar em cada situação. Dosagens de Interleucina-1, Interleucina-6 e TNF-a serão realizadas no sangue e lavado broncoalveolar, para cada passo do experimento. Serão realizados lavados diferenciados, nas regiões dependentes e não-dependentes do pulmão, de forma a se estudar os diferentes tipos de estresse imposto a estas regiões opostas. Paralelamente à dosagem de citocinas, pretendemos quantificar a apoptose e a lesão do epitélio bronquiolar desencadeadas por cada padrão ventilatório. (AU)