Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da redução da função colinérgica induzida por modificação genética na mecânica e na histopatologia pulmonar em camundongos com inflamação pulmonar alérgica crônica

Processo: 09/14117-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Carla Máximo Prado
Beneficiário:Elaine da Silveira Leite
Instituição-sede: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/55359-5 - Avaliação da função e da histopatologia pulmonar em modelo experimental de redução da função colinérgica em camundongos geneticamente modificados, AP.JP
Assunto(s):Asma   Hiperresponsividade brônquica

Resumo

A Asma Brônquica é uma doença de alta prevalência, alta morbidade e mortalidade e que gera custos significativos ao Sistema Único de Saúde. Embora existam drogas efetivas na redução da inflamação, muitas vezes estas não são eficazes na reversão do remodelamento da matriz extracelular pulmonar. A recente descrição do sistema colinérgico anti-inflamatório e a detecção de alguns de seus componentes, tais como a acetilcolina e a proteína transportadora vesicular de acetilcolina (VAChT), no pulmão, sugere uma importante participação deste sistema na fisiopatologia desta doença. OBJETIVO: 1. Avaliar os efeitos da hipofunção colinérgica por redução da proteína transportadora vesicular de acetilcolina (VAChT) nas alterações de mecânica, inflamação e remodelamento de vias aéreas observadas em modelo experimental de inflamação pulmonar alérgica crônica. METODOLOGIA: Serão utilizados camundongos geneticamente modificados para uma menor expressão da VAChT. Animais heterozigotos, homozigotos e sem modificação genética serão submetidos ao protocolo de sensibilização via i.p. e inalatória com ovoalbumina ou soro fisiológico. Serão avaliadas a mecânica pulmonar (curva dose resposta à metacolina), inflamação (H&E, Eosinófilos, Macrófagos e Neutrófilos), remodelamento pulmonar (Coloração de Picro-Sírius e Resorcina-Fucsina Oxidada) e expressão de nNOS, iNOS, isoprostano.A análise estatística será realizada por meio do programa SigmaStat (Jandel Scientific, San Rafael, CA). Considerando os aspectos anti-inflamatórios que envolvem o sistema colinérgico reportados previamente na literatura, espera-se que os animais submetidos ao protocolo de inflamação pulmonar alérgica crônica com redução da função colinérgica apresentem piora nos parâmetros funcionais e histopatológicos analisados.