Busca avançada
Ano de início
Entree

Células-tronco prostáticas: distribuição específica nos compartimentos epitelial e estromal da próstata ventral de ratos senis frente a diferentes condições hormonais e na próstata de homens senis com e.

Processo: 09/50397-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 22 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Valéria Helena Alves Cagnon Quitete
Beneficiário:Wagner José Fávaro
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Androgênios   Imuno-histoquímica   Estrógenos   Microdissecção

Resumo

O conhecimento das células-tronco prostáticas (CTP) tem sinalizado novos caminhos e perspectivas para o entendimento do complexo funcionamento da próstata. Assim, os objetivos desse estudo serão isolar e caracterizar as CTP tanto no compartimento epitelial como no estromal da próstata ventral de ratos senis, submetidos à diferentes condições hormonais e em homens senis com e sem diagnóstico de patologias prostáticas, bem como correlacionar a ocorrência dessas à variações dos hormônios esteróides. Cinqüenta ratos machos idosos serão divididos em cinco grupos: Controle: injeções subcutâneas de 5 mL/Kg de óleo de amendoim em dias alternados por 30 dias; Castrado: castração cirúrgica e química (injeções subcutâneas de 10mg/Kg de Flutamida em dias alternados por 30 dias); Testosterona: injeções subcutâneas de 5mg/Kg de cipionato de testosterona em dias alternados por 30 dias; Estrógeno: injeções subcutâneas de 25μg/Kg de 17β-estradiol em dias alternados por 30 dias; Tamoxifeno-Letrozol: injeções subcutâneas de 1 mg/Kg de tamoxifeno a cada 48h por 30 dias e 1 mg/Kg de letrozol em dias alternados por 30 dias. Após o período experimental, os animais serão sacrificados e amostras do lobo ventral serão coletadas. Quarenta amostras de tecido prostático humano serão retiradas da zona periférica prostática provenientes de necrópsias de homens (60-90 anos) com e sem diagnóstico de lesões prostáticas. Os pacientes serão subdivididos em 4 grupos: Normal; Hiperplásico; NIP; Adenocarcinoma. As amostras serão microdissecadas e submetidas às análises morfométricas, imunohistoquímicas, Western Blotting e PCR-RT, além das dosagens hormonais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA JUNIOR, MAURICIO MOREIRA; MATHEUS, WAGNER EDUARDO; GARCIA, PATRICK VIANNA; STOPIGLIA, RAFAEL MAMPRIM; BILLIS, ATHANASE; FERREIRA, UBIRAJARA; FAVARO, WAGNER JOSE. Characterization of reactive stroma in prostate cancer: involvement of growth factors, metalloproteinase matrix, sexual hormones receptors and prostatic stem cells. INTERNATIONAL BRAZ J UROL, v. 41, n. 5, p. 849-858, SEP-OCT 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.