Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da imunogenecidade de uma vacina bivalente constituída de DNA recombinante para os vírus dengue-3 e dengue-4

Processo: 06/50735-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2006
Vigência (Término): 31 de maio de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Benedito Antônio Lopes da Fonseca
Beneficiário:Danielle Malta Lima
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Assunto(s):DNA recombinante   DNA   Imunização   Dengue   Vacinas

Resumo

Este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de uma vacina de DNA recombinante bivalente composta dos sorotipos 3 e 4. Em nosso laboratório já vem sendo desenvolvido a produção de candidatos vacinais para todos os sorotipos. Com relação ao dengue-3, foram selecionados 6 clones recombinantes vacinais, sendo que, 5 clones recombinantes foram responsivos ao estímulo específico "in vitro", embora apenas 2 candidatos vacinais protejam camundongos após o desafio com uma dose letal do viras dengue-3. Com relação ao sorotipo 4, conseguimos 6 clones recombinantes vacinas, sendo que destes dois apresentaram melhores resultados, pois foram capazes de estimular uma resposta imune específica contra o vírus dengue-4, resultando em uma proteção de camundongos após o desafio com uma dose letal do vírus (80% e 50%). Estas duas vacinas induzem a expressão de proteínas estruturais destes vírus por ONA plasmidial visando o desenvolvimento de resposta imune específica contra este vírus.Estas vacinas, contendo os genes das proteínas estruturais prM/E do vírus dengue-3 e dengue-4, serão inoculadas conjuntamente em camundongos pela via intramuscular e pela via subcutânea, e estes animais serão estudados quanto -ao desenvolvimento de uma resposta imune específica para os sorotipos 3 e 4. Estes animais serão observados por um período de 12 meses para analisarmos a sobrevida destes animais e também observar por quanto tempo a resposta imune perdura e por quanto tempo ela é protetora. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.