Busca avançada
Ano de início
Entree

Equilíbrio dinâmico e comportamento locomotor de idosos portadores da Doença de Parkinson

Processo: 05/00775-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2005
Vigência (Término): 31 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Lilian Teresa Bucken Gobbi
Beneficiário:Rodrigo Vitório
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Locomoção   Controle motor   Doença de Parkinson   Análise do comportamento

Resumo

A presença dos sintomas da Doença de Parkinson (DP) leva o sistema de controle motor do paciente a criar modificações nos padrões de movimento, conhecidas como estratégias adaptativas. Tais estratégias são entendidas como duas ou mais variações do comportamento em direção ao mesmo objetivo final e são desencadeadas para garantir o sucesso da ação motora. No presente estudo, o comportamento locomotor do paciente idoso com DP será analisado durante a realização de diferentes tarefas locomotoras: andar sobre uma trave de equilíbrio, andar em diferentes velocidades sobre superfície plana e ultrapassar um obstáculo. O objetivo deste estudo é analisar o comportamento locomotor de pacientes idosos portadores da DP para determinar as estratégias locomotoras adaptativas empregadas para o controle do equilíbrio dinâmico e do sistema efetor. Serão selecionados indivíduos idosos portadores da DP em estágio leve a moderado (Unifying Parkinson's Disease Rating Scale e a escala de Hoehn e Yahr). São critérios de exclusão: idade abaixo de 55 anos e estágio da doença acima do nível 3. Cada participante será convidado a realizar o seguinte protocolo: Medidas antropométricas (massa corporal, estatura, comprimentos segmentares do membro inferior); Nível de atividade física (Questionário de Baecke modificado para idosos); Capacidade funcional (testes motores da AAHPERD); Equilíbrio Dinâmico (Escala de Avaliação de Berg e andar sobre uma trave de equilíbrio com 10cm de altura); Ultrapassagem de Obstáculo (andar e ultrapassar obstáculos); e Locomoção em diferentes velocidades (andar em velocidade lenta, preferida e rápida). Para registro cinemático (uma câmera digital, 30 Hz, marca JVC, modelo GR-DVL 9800) da trajetória do membro inferior durante a realização das tarefas, 4 marcadores passivos serão afixados nos seguintes pontos anatômicos: no quinto metatarso, face lateral do calcâneo, maléolo lateral da fíbula e joelho. A captura das imagens será realizada por uma placa de vídeo (marca Pinnacle, modelo Studio DV, versão 1.05.307), acoplada a um microcomputador. O procedimento fotogramétrico (desentrelaçamento, sincronização, medição e calibração das imagens) será realizado pelo software Digital Vídeo for Windows. Para calcular as variáveis dependentes e construir os gráficos, os dados serão filtrados pelo filtro digital de Butterworth a 5 Hz utilizando o software Matlab. Variáveis dependentes. Na passada completa na área central da trave e da passarela de locomoção e na fase de aproximação do obstáculo serão: comprimento da passada, comprimento do passo, duração da passada, duração da fase de apoio e duração da fase de balanço; e na tarefa de obstáculo serão: a distância horizontal pé-obstáculo antes da ultrapassagem (DHPO) e depois do obstáculo (DHOP) e distância vertical pé-obstáculo (DVPO). As variáveis dependentes de cada tarefa serão estatisticamente tratadas através de Análise de Variância e, quando necessário, de testes post hoc de Scheffé, com um nível de significância de p< 0,05. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PIERUCCINI-FARIA, F.; VITORIO, R.; ALMEIDA, Q. J.; SILVEIRA, C. R. A.; CAETANO, M. J. D.; STELLA, F.; GOBBI, S.; GOBBI, L. T. B. Evaluating the Acute Contributions of Dopaminergic Replacement to Gait With Obstacles in Parkinson's Disease. JOURNAL OF MOTOR BEHAVIOR, v. 45, n. 5, p. 369-380, SEP 1 2013. Citações Web of Science: 17.
VITORIO, RODRIGO; PIERUCCINI-FARIA, FREDERICO; STELLA, FLORINDO; GOBBI, SEBASTIAO; BUCKEN GOBBI, LILIAN TERESA. Effects of obstacle height on obstacle crossing in mild Parkinson's disease. GAIT & POSTURE, v. 31, n. 1, p. 143-146, JAN 2010. Citações Web of Science: 37.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.