Busca avançada
Ano de início
Entree

Em busca da última população de veado-campeiro (Ozotocerus bezoarticus) do Estado de São Paulo

Processo: 10/01350-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:José Maurício Barbanti Duarte
Beneficiário:Pedro Henrique de Faria Peres
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Filogenia   Conservação biológica

Resumo

ResumoO veado-campeiro é considerado como criticamente ameaçado de extinção no Estado de São Paulo, uma vez que a última população conhecida tinha sido estudada ente 1970 e 1980 e localizava-se na Estação Ecológica de Santa Bárbara (EESB), situada no Município de Águas de Santa Bárbara, região centro-sul do Estado de São Paulo. Desde então, a referida população não tem sido estudada e nem visualizada, tornando duvidosa sua existência. O presente projeto objetiva realizar um inventário de espécies de cervídeos existentes na EESB, na tentativa de encontrar provas da existência dos últimos veados-campeiros do Estado de São Paulo. Se encontrada, pretende-se avaliar geneticamente essa população, no sentido de compará-la com outras populações já estudadas na América do Sul. Para tanto, serão realizadas incursões na EESB com um cão farejador, treinado para o encontro de fezes de cervídeos. Após a obtenção das amostras fecais, seu DNA será extraído e uma região de 224 bases do DNA mitocondrial será amplificada. O produto de amplificação será então digerido por enzimas de restrição, que gerarão um padrão de corte capaz de discriminar as potenciais espécies da área. Além disso, o seqüenciamento dessa região permitirá sua comparação, numa perspectiva filogeográfica, com as demais populações já estudadas na América do Sul.