Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos cinéticos da enzima diidroorotato desidrogenase de Xylella fastidiosa - linhagem 9a5c

Processo: 07/08635-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Maria Cristina Nonato
Beneficiário:Aline Luiz de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Cristalografia de proteínas   Purificação   Expressão heteróloga   Xylella fastidiosa   Diidroorotato desidrogenase

Resumo

Nucleotídeos desempenham uma variedade de funções na célula. Além de serem unidades básicas de ácidos nucléicos, DNA e RNA, são essenciais no metabolismo celular em geral, pois atuam como transportadores de energia química, são componentes de muitos cofatores, participam na ativação de açúcares para a glicosilação pós-traducional de proteínas e lipídeos e alguns ainda são mensageiros celulares secundários. Inibidores da via de novo de nucleotídeos têm sido, recentemente, utilizados como um importante grupo de agentes quimoterápicos atuando como antiproliferativos, antiinflamatórios e antiparasitários. Um alvo promissor na tentativa de reduzir o nível intracelular de nucleotídeos de pirimidina é a enzima diidroorotato desidrogenase (DHODH), uma enzima que participa da quarta etapa da via de novo de nucleotídeos de pirimidina, catalisando a oxidação da molécula L-diidroorotato a orotato. Esse mecanismo é dependente do mononucleotídeo flavina (FMN) e de receptores de elétrons que variam de acordo com o organismo. O presente projeto visa à expressão, purificação e estudos cinéticos da enzima diidroorotato desidrogenase da bactéria Xylella fastidiosa (XfDHODH) cepa 9a5c.A Xylella fastidiosa é uma bactéria fitopatogênica causadora de várias doenças em plantações nas Américas. Ela é transmitida por um inseto hospedeiro e bloqueia vasos de xilema das plantas, impedindo o transporte de seiva bruta. A bactéria tem diversas linhagens, classificadas como parte da mesma espécie, que atingem cultivos específicos, como laranja, uva, amora, café e amêndoa. A linhagem 9a5c, foco deste estudo, é responsável pela doença Clorose Variegada de Citrus (CVC) ou amarelinho que ataca cultura de citros.Nesse contexto, os estudos aqui propostos constituem o primeiro passo para a caracterização bioquímica e cinética da XfDHODH, e fornecerão valiosas informações para a busca de futuros inibidores específicos, atuando como uma importante ferramenta no combate à CVC.