Busca avançada
Ano de início
Entree

A inter-relação entre a postura e o sistema estomatognático em paraplégicos praticantes e não praticantes de atletismo - avaliação eletromiográfica e ultrassonográfica.

Processo: 10/07507-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Simone Cecilio Hallak Regalo
Beneficiário:Gabriel Pádua da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Eletromiografia   Postura   Sistema estomatognático   Paraplegia

Resumo

Em pacientes com lesão da medula espinhal ocorre a promoção de novos padrões de controle postural que envolve partes intactas do sistema sensório-motor. A presença de desequilíbrios entre a postura da mandíbula em relação ao restante do sistema esquelético são fatores contribuintes para o surgimento de problemas do quadrante superior do corpo, ou vice e versa, com efeitos na mastigação, deglutição, fonação e respiração. Isto torna fundamental o papel do fisioterapeuta e odontólogo para uma boa evolução dos casos de desordens buco-maxilo-facial associados a alterações posturais. O objetivo desta pesquisa será demonstrar os efeitos da paraplegia na atuação do sistema estomatognático decorrentes das alterações posturais. Serão selecionados 20 indivíduos com idade entre 25 a 45 anos divididos em três grupos: Grupo 1 (G1), 5 indivíduos portadores de paraplegia com lesão ao nível neurológico das estruturas torácicas e lombares praticantes de esporte (profissional); Grupo 2 (G2), 5 indivíduos portadores de paraplegia com lesão ao nível neurológico das estruturas torácicas e lombares não praticantes de esporte e Grupo 3 (G3) (Grupo Controle), constituído por 10 indivíduos saudáveis, sem problemas motores. Serão realizadas avaliações eletromiográficas em diferentes condições clínicas e análises da espessura muscular dos masseteres e temporais de ambos os lados, associados a exames de força de mordida e eficiência mastigatória. Também será avaliada a postura por meio da videogrametria, biofotogrametria e da escala avaliativa de New York. Para caracterização da integridade do sistema estomatognático, será utilizado à escala RDC/TMD.