Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos processos de alocação sexual parasitóide Apanteles galleriae (Hym: Braconidae) em Galleria mellonella e Achroia grisella (lep:pyralidae) como subsídio para a otimização de mecanismos de ..

Processo: 04/13326-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Nivar Gobbi
Beneficiário:Michele Silveira Almeida Peres
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Galleria mellonella

Resumo

Este trabalho tem por objetivo principal testar as seguintes hipóteses em Apanteies galleriae: se há ocorrência de seqüência de oviposição, se há ocorrência de oviposição aleatória e, finalmente, se ocorre oviposição seletiva. Este estudo é extremamente importante para futuras pesquisas em controle biológico, pois A. galleriae é um inimigo natural das traças-da-cera (G. mellonella e A. grisella), podendo permitir um melhor entendimento das relações espécies-específicas, evitando o uso de substâncias químicas no combate a essas pragas e a conseqüente contaminação de produtos apícolas. Para esse estudo, serão utilizadas lagartas de G. mellonella e A. grisella como hospedeiros para a fêmea de parasitóide A. galleriae. A ocorrência de seqüências de oviposição será determinada a partir de fêmeas de parasitóides que serão postas para parasitar seus hospedeiros em placas de Petri, na razão de uma fêmea para cada 10 lagartas de ambas as espécies. À medida que cada lagarta for parasitada, ocorrerá sua individualização em novas placas de Petri, recebendo cada uma um número de oviposição (1ª, 2ª, .... 10ª), da mesma forma que o parasitóide que dela emergiu. Cinco testes estatísticos não-paramétricos, sugeridos por Wajnberg (1993), serão utilizados para determinar a existência ou não de um padrão fixo na seqüência de oviposição. Logo, esse estudo representará um desenvolvimento de controle biológico viável em apiários, assim como um modelo para a análise dos processos biológicos envolvidos nas interações parasitóide-hospedeiro. (AU)