Busca avançada
Ano de início
Entree

Tratamento de esgoto sanitario em reator anaerobio operado em bateladas sequenciais periodicamente aerado.

Processo: 04/14828-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcelo Zaiat
Beneficiário:Bruna Luckmann Saratt
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/05489-0 - Desenvolvimento, análise, aprimoramento e otimização de reatores anaeróbios para tratamento de águas residuárias, AP.TEM
Assunto(s):Remoção de nutrientes   Esgotos sanitários   Tratamento biológico anaeróbio   Tratamento anaeróbio   Biomassa imobilizada

Resumo

A necessidade de se tratar cada vez um volume maior de águas residuárias promoveu um avanço nas pesquisas nesta área, onde novas configurações de reatores estão sendo estudadas, buscando a maximização de todas as suas potencialidades, principalmente em reatores anaeróbios, que são os mais utilizados no Brasil. A eles estão sendo adicionados novas técnicas e artifícios que melhorem o desempenho e estudadas possíveis combinações de processos biológicos, de modo a atender à totalidade de requisitos para todos os constituintes dos esgotos. Como vantagens do tratamento através de reatores aeróbio-anaeróbio, se vislumbra a redução da quantidade de lodo; redução do consumo de energia; maior flexibilidade operacional; maior controle da qualidade do efluente; menor disponibilidade de área e remoção de nutrientes, Esta pesquisa tem como principal objetivo avaliar um reator anaeróbio com biomassa imobilizada em espuma de poliuretano, operado em batelada seqüencial e periodicamente aerado, como unidade de tratamento das águas residuárias geradas no Campus da Universidade de São Paulo em São Carlos. A pesquisa está inserida em um Projeto de Doutorado conduzido pelo Pós-Graduando Francisco José Vela, o qual tem como objetivo principal a avaliação de reator operando com aeração ao final do ciclo e em tempos intermediários; de forma a compor, um sistema anaeróbio/aeróbio e anaeróbio/aeróbio/anaeróbio. (AU)