Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito das condições ambientais na produção de energia em processos anaeróbios

Processo: 08/00386-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcelo Zaiat
Beneficiário:Marcelo Loureiro Garcia
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/51702-9 - Desenvolvimento de sistemas combinados de tratamento de águas residuárias visando à remoção de poluentes e à recuperação de energia e de produtos dos ciclos de carbono, nitrogênio e enxofre, AP.TEM
Assunto(s):Digestão anaeróbia

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo o estudo de relações sintróficas em sistemas anaeróbios visando e interrelacionando a atividade energética a partir da produção de metano e a comunidade microbiana que estão presentes no sistema. Uma das etapas da digestão anaeróbia, a metanogênese, é extremamente importante no processo anaeróbio. Metanogênese é a etapa final da digestão anaeróbia, durante a qual a produção de metano ocorre, e pode ser em muitos casos a etapa limitante do processo. Metanogênicas acetoclásticas (i.e., metanogênicas consumidoras de acetato) produzem a maior parte do metano (70%) em sistemas anaeróbicos típicos. No entanto, acetato pode ser convertido por bactérias para outros além do metano. Assim, reações secundárias estão presentes no processo anaeróbio dependendo das condições ambientais encontradas. Mesmo que as populações bacterianas e metanogênicas estejam em equilíbrio, dada a composição do meio, a produção máxima de metano não é atingida. Competição por acetato, um dos produtos finais dos processos de fermentação, e substrato direto da metanogênese, pode ocorrer. Em contraste, acetato poderia ser utilizado na produção de hidrogênio e gás carbônico, os quais seriam subseqüentemente utilizados pelas metanogênicas hidrogenotróficas para produção de metano. Esta relação sintrófica é chamada mutualismo, e embora as rotas metabólicas sejam diferentes, a produção de metano ocorre em ambas. Dessa forma, relações sintróficas podem afetar diretamente a atividade energética do processo anaeróbio. Observações da estrutura microbiana, relacionadas com os fatores ambientais e produção do metano podem revelar informações importantes no sentido de se aumentar o conhecimento, estabilidade e otimização dos processos anaeróbios.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.