Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das condições nutricionais no desempenho de reatores anaeróbios sequenciais em batelada com biomassa fixa

Processo: 04/13732-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcelo Zaiat
Beneficiário:Carolina Dolosic Cordebello
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/05489-0 - Desenvolvimento, análise, aprimoramento e otimização de reatores anaeróbios para tratamento de águas residuárias, AP.TEM
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Tratamento biológico anaeróbio   Reatores anaeróbios em bateladas sequenciais   Biomassa imobilizada   Poliuretanos

Resumo

Os reatores anaeróbios em batelada seqüencial estão sendo estudados por alguns grupos de pesquisas no Brasil, cujas linhas de pesquisas estão voltadas para o desenvolvimento de configurações inovadoras de reatores anaeróbios em batelada, com o objetivo de otimização do processo a viabilização da aplicação prática. O reator anaeróbio em batelada contendo biomassa imobilizada em partículas de espuma de poliuretano é o primeiro resultado positivo da parceria da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da Universidade de São Paulo (USP) e da Escola de Engenharia Mauá (EEM) do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT). Os grupos da EESC/USP e EEM/IMT em pesquisa, com resultados promissores obtidos em escala de bancada e em escala real. No entanto, alguns problemas e algumas dúvidas persistem por se tratar de tecnologia recente. Algumas das dúvidas são quanto ao desempenho do reator aplicado ao tratamento de diferentes águas residuárias e diferentes relações de fonte de carbono/macro-nutrientes, tendo em vista que alguns tipos de águas residuárias são de difícil degradação biológica e outras que, mesmo que facilmente biodegradáveis, podem ocasionar problemas de acúmulos de produtos intermediários da digestão anaeróbia. Dessa forma, o projeto proposto terá como objetivo principal a avaliação do desempenho do reator anaeróbio seqüencial contendo biomassa imobilizada em espuma de poliuretano, variando a composição do substrato com relação a fonte de carbono e macro-nutrientes. (AU)