Busca avançada
Ano de início
Entree

A espermiogênese e a ultraestrutura dos espermatozóides de representantes dos gêneros incertae sedis da família Characidae (Teleostei: Characiformes) e suas implicações filogenéticas

Processo: 06/51632-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2006
Vigência (Término): 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Recursos Pesqueiros de Águas Interiores
Pesquisador responsável:Irani Quagio Grassiotto
Beneficiário:André Santachiara Fossaluza
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Characidae   Espermatozoides

Resumo

Os gêneros incertae sedis em Characidae constituem um imenso e heterogêneo conjunto de peixes, predominantemente pequenos, abundantes nos rios e em outros habitats aquáticos da região neotropical. Neste grupo são inúmeros os problemas taxonômicos/filogenéticos. O conhecimento das relações de parentesco entre os Characiformes e conseqüentemente entre os Characidae, tem por base características osteológicas e de partes moles, além de dados moleculares. Sabe-se que o aparelho reprodutor masculino, a espermiogênese e os espermatozóides das diferentes espécies apresentam características que podem conter traços e serem úteis nas análises cladísticas. Pretende-se aqui descrever a organização estrutural do aparelho reprodutor, o tipo de espermiogênese e os caracteres ultraestruturais dos espermatozóides, de representantes de gêneros incertae sedis em Characidae. Os dados obtidos serão utilizados em análises comparativas de forma a contribuir para o melhor entendimento das suas relações de parentesco desses gêneros dentro de Characidae, e com as demais famílias de Characiformes. (AU)