Busca avançada
Ano de início
Entree

A formulação da política externa de direitos humanos dos Estados Unidos no conselho de direitos humanos da ONU

Processo: 10/10412-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Tullo Vigevani
Beneficiário:Hevellyn Menezes Albres
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57710-1 - Instituto de Estudos das Relações Exteriores dos Estados Unidos, AP.TEM
Assunto(s):Relações internacionais   Direitos humanos   Organizações internacionais

Resumo

Este projeto tem como objetivo estudar a atuação dos Estados Unidos no Conselho de Direitos Humanos da ONU, no período de 2005 a 2009 - segundo mandato de George W. Bush e primeiro ano da Administração Barack Obama-, incluindo a fase prévia à sua criação. Pretendemos investigar, à luz do debate neo-institucionalista/neo-realista das Relações Internacionais, em que medida a mudança dada, de uma atitude extremamente crítica à outra bem mais colaborativa, é responsabilidade do Congresso, observadno também a partipação dos outros principais policy makers, Executivo, opinião pública e Burocracia. Tendo estes recortes em conta, buscaremos provar que o embate que produz a política externa americana é reflexo de seus paradoxos internos - direitos humanos x segurança nacional, multilateralistas x unilateralistas, democratas x republicanos, realistas x idealistas -, manifestado nos debates e documentos dos atores mencionados.