Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de surfactantes e metais sobre o sistema enzimático ligninolitico de fungos basidiomicetos envolvidos na degradação do corante azul brilhante de remazol R

Processo: 03/13842-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2004
Vigência (Término): 31 de outubro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Kátia Maria Gomes Machado
Beneficiário:Renata Yamanaka
Instituição-sede: Centro de Ciências da Saúde (CCS). Universidade Católica de Santos (UNISANTOS). Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Lacase   Peroxidase   Basidiomycota   Biorremediação   Biodegradação

Resumo

Os fungos basidiomicetos são capazes de degradar uma serie de compostos recalcitrantes, como a lignina e diversos poluentes. O grande potencial dos basidiomicetos como agentes de biorremediação suporta-se em consistentes ensaios laboratoriais; no entanto, a sua aplicação comercial é feita ainda de forma bastante empírica, e muito necessita ser compreendido sobre a fisiologia destes fungos. A expressão do sistema enzimático ligninolítico envolvido na degradação de poluentes tem se mostrado bastante dependente das condições de cultivo e da composição do meio de cultura. Na Região da Baixada Santista, basidiomicetos nativos estão sendo avaliados em processo de biorremediação de solos contaminados com organoclorados. O processo de seleção indicou Trametes villosa CCB176 e Psilocybe cf. castanella CCB444 como os mais promissores, respectivamente, para aplicação em solos com altos teores de pentaclorofenol e de hexaclorobenzeno. Devido à quase inexistência de informações acerca da fisiologia desses fungos, o estabelecimento das melhores condições nutricionais para a produção do sistema enzimático é imprescindível para auxiliar na aplicação biotecnológica destes organismos. No presente trabalho, será avaliada a influência de dois surfactantes (Tween 20 e Renex) e de diferentes concentrações dos metais cobre e manganês no crescimento, na degradação do corante azul Brilhante Remazol R e na produção de enzimas liqninolíticas destes dois fungos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RENATA YAMANAKA; CLARISSA F. SOARES; DÁCIO R. MATHEUS; KÁTIA M.G. MACHADO. Lignolytic enzymes produced by Trametes villosa ccb176 under different culture conditions. Brazilian Journal of Microbiology, v. 39, n. 1, p. 78-84, Mar. 2008.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.