Busca avançada
Ano de início
Entree

A abertura para um pensamento dançante através da corporeidade em Merleau-Ponty

Processo: 08/05387-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia
Pesquisador responsável:Arlenice Almeida da Silva
Beneficiário:Nayara Borges Reis
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Estética (arte)   Movimento de dança   Expressão corporal   Consciência corporal

Resumo

O conceito de corpo representa um marco na filosofia de Merleau-Ponty, no que se refere a uma abertura à relação indivisa entre consciência e mundo, indicando uma alternativa à noção clássica dualista de razão. Pretendemos com esse projeto analisar como o conceito de corpo apresenta uma noção alargada de razão: é através do corpo que se movimenta no mundo que a consciência ganha um sentido. Para tanto, consideramos relevante a retomada histórica da qual essa reflexão merleau-pontyana se apodera para desenvolver o conceito de corpo. Em especial, investigaremos como Merleau-Ponty retoma o pensamento de Descartes, um filósofo que apresentou importantes conceitos para essa discussão sobre a ideia de corpo, mas que desembocou, por sua vez, em uma dicotomia entre sensualismo e intectualismo. Contudo, justamente por isso entendemos que a filosofia de Merleau-Ponty pode apontar para um pensamento original, porque ao problematizar a filosofia clássica, ele destaca seus prejuízos, mas também assume suas contribuições, como aquelas provenientes do pensamento de Descartes. A análise do conceito de corpo, por conseguinte, parte da obra "Fenomenologia da Percepção" (1945), mas visando refletir sobre seus desdobramentos e reformulações no ensaio posterior "O filósofo e sua sombra" (1960). Através da ideia de movimento proveniente da relação entre consciência e mundo, apresentada por Merleau-Ponty com o desenvolvimento do conceito de corpo, pretenderemos apontar para futuras investigações no campo da estética, relacionando tal conceito com uma análise da dança moderna, a qual explora o corpo como uma totalidade de experiências vividas, inseridas no espaço insólito das relações humanas, o que encontramos na teoria e na prática de dançarinos e teóricos do movimento como Martha Graham (1894 - 1991) e Rudolf Laban (1879 - 1958), cujos principais aspectos são ainda retomados por grupos de dança contemporânea, como o "Lia Rodrigues Cia de Dança" (1991 - 2008). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)