Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação de genes diferencialmente expressos entre duas linhagens (corte e postura) de Gallus Gallus

Processo: 05/02167-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2005
Vigência (Término): 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia
Pesquisador responsável:Luiz Lehmann Coutinho
Beneficiário:Ana Paula Dini Andreote
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Genética molecular   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)   Expressão gênica

Resumo

A genética quantitativa tem assegurado ganho genético contínuo às características de produção em aves. Uma das características associadas à produção é o desenvolvimento da musculatura esquelética, cujo ganho está associado à maior deposição de carne na carcaça. A formação da musculatura esquelética em vertebrados é regulada por uma rede de fatores transcricionais, que atuam desde a determinação da linhagem miogênica embrionária até a maturação da fibra muscular. Dentre as linhas de pesquisa desenvolvida no Laboratório de Biotecnologia Animal - ESALQ/USP está a caracterização do processo de desenvolvimento muscular de duas linhagens de frango (corte e postura) com diferentes potenciais de crescimento. Dados obtidos por meio de experimentos envolvendo macroarranjos de DNA demonstraram que tais linhagens apresentaram expressão diferencial de alguns genes associados à deposição de músculo. Dentro deste contexto, o presente trabalho tem por objetivo caracterizar a expressão de quatro desses genes, diferencialmente expressos entre as linhagens, sendo dois mais expressos na linhagem de corte, e dois na de postura. Para tanto, será empregada a técnica de RT-PCR quantitativo em tempo real, podendo-se, a partir dos dados gerados, inferir sobre a ação desses genes na deposição diferencial de musculatura esquelética entre as linhagens.