Busca avançada
Ano de início
Entree

Kairos e a Ética da Interação na Improvisação Contemporânea.

Processo: 08/09633-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de maio de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Fernando Henrique de Oliveira Iazzetta
Beneficiário:Cesar Marino Villavicencio Grossmann
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/08632-8 - MOBILE: processos musicais interativos, AP.TEM
Assunto(s):Retórica   Improvisação   Música contemporânea   Música eletroacústica

Resumo

Este projeto refere-se ao estudo das dinâmicas da interação na improvisação contemporânea, também conhecida como improvisação livre, visando desvendar as peculiaridades que influenciam na caracterização de seu estilo. Na Grécia antiga, o tempo era dividido em dois conceitos, chronos - o tempo cronológico ou sequencial - e kairos - o "momento certo" ou "oportuno". O princípio norteador é a hipótese que na improvisação contemporânea, pela falta de regras e materiais pré-estabelecidos, o princípio retórico de tempo relativo, kairos, é um fator inerente na interação. Dadas as responsabilidades intrínsecas subjetivas deste processo interativo, o uso efetivo do tempo revela-se como fundamental. O objetivo desta nova pesquisa é estudar como o diferentes estratégias e ações tomadas pelos improvisadores podem estar associadas ao princípio de tempo qualitativo apresentado pelo conceito retórico de kairos. A estratégia ao introduzir este debate no ambiente acadêmico é promover o desenvolvimento de um estilo musical contemporâneo trans-cultural ainda pouco explorado no Brasil, possibilitando o amadurecimento desta nova plataforma cooperativa e pluralista de interação musical. O projeto propõe um campo de pesquisa e criação musical que adote um balanço entre a produção teórica e artística.O objetivo desta nova pesquisa é estudar como o kairos influencia as decisões tomadas pelos improvisadores. A estratégia ao introduzir este debate no ambiente acadêmico é promover o desenvolvimento de um estilo musical contemporâneo trans-cultural ainda pouco explorado no Brasil, possibilitando o amadurecimento desta nova plataforma cooperativa, pluralista de interação musical. O projeto propõe um campo de pesquisa e criação musical que adote um balanço entre a produção teórica e artística.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)