Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterizacao das mensagens sobre corpo e alimentacao presentes em tres revistas brasileiras.

Processo: 05/60340-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Táki Athanássios Cordás
Beneficiário:Mariana Tarricone Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos   Corpo   Meios de comunicação

Resumo

A magreza tem se tornado uma nova forma de controle social do corpo e um símbolo essencial da feminilidade moderna. Redes de comunicação informais ou da mídia intervém na elaboração das representações sociais, abrindo caminho a processos de influência e de manipulação social. Pressões a favor da magreza e contra o sobrepeso podem promover transtornos afetivos, de imagem corporal e alimentares. O objetivo deste estudo é caracterizar, quali, e quantivamente, mensagens que revistas brasileiras veiculam sobre imagem corporal feminina e alimentação. Serão analisadas três revistas de alta repercussão nacional, representadas por "V", "C" e "BF". A parte quantitativa apresentará a proporção de reportagens sobre corpo e alimentação do total da revista e, dentre estas, a proporção de reportagens: com finalidade estética; que cortam alimentos ou seus grupos; que enfatizam a aparência física, que atrelam aparência à saúde, que glorificam a magreza e que ridicularizam o excesso de peso. Através do teste do Qui-quadrado serão comparados estes temas entre as revistas. Sobre as revistas "C" e "BF" será relacionado o número de prescrições de dietas por exemplar, calculadas a média do valor calórico destas e a porcentagem das que contém menos de 800kcal/dia. A comparação será feita pelo teste do Qui-quadrado. Serão calculados os índices de massa corporais (IMC) e analisadas as dietas das mulheres das capas da revista "BF''. A análise qualitativa será feita através do método do Discurso do Sujeito Coletivo. (AU)