Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrões biogeográficos e diversificação de borboletas Nymphalidae nos Neotrópicos: filogeografia e interações com plantas hospedeiras

Processo: 07/53919-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:André Victor Lucci Freitas
Beneficiário:Karina Lucas da Silva-Brandão
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/05269-9 - Borboletas da Mata Atlântica: biogeografia e sistemática como ferramentas de conservação de biodiversidade, AP.JP
Assunto(s):Biogeografia   Filogenia molecular   Diversificação   Sistemática

Resumo

O estudo das borboletas tem uma grande importância no cenário científico mundial, e o grupo tem sido usado como modelo em estudos de biodiversidade e ecologia de populações e comunidades em todos os habitats onde ocorrem, além de figurar dentre os pioneiros em estudos de genética, interação inseto-planta, coevolução, ecologia química e conservação. Adicionalmente, uma boa parte da sistemática filogenética molecular se iniciou cedo em estudos com diferentes grupos de borboletas. Borboletas Nymphalidae da subfamília Biblidinae e da tribo Acraeini (subfamília Heliconiinae) ocorrem tanto nos Neotrópicos como nos Paleotrópicos. No entanto, enquanto Biblidinae é mais diversificada nos Neotrópicos - assim como suas plantas hospedeiras primárias no gênero Dalechampia (Euphorbiaceae) - a tribo Acraeini apresenta uma maior diversificação nos Paleotrópicos, principalmente na África. Neste trabalho, serão usados métodos de estudo de biogeografia histórica e os padrões de utilização de plantas hospedeiras para estudar a diversificação nestes grupos de borboletas, tendo como base hipóteses filogenéticas obtidas com marcadores moleculares. Desta maneira, tanto a filogenia dos grupos quanto caracteres ecológicos serão investigados para abordar questões que podem ser empregadas para se compreender não apenas a diversificação desses grupos de borboletas, mas de toda a biodiversidade de insetos herbívoros nos trópicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA-BRANDAO, KARINA L.; LYRA, MARIANA L.; FREITAS, ANDRE V. L. Barcoding Lepidoptera: Current Situation and Perspectives on the Usefulness of a Contentious Technique. Neotropical Entomology, v. 38, n. 4, p. 441-451, JUL-AUG 2009. Citações Web of Science: 39.
ELIAS, M.; JORON, M.; WILLMOTT, K.; SILVA-BRANDAO, K. L.; KAISER, V.; ARIAS, C. F.; PINEREZ, L. M. GOMEZ; URIBE, S.; BROWER, A. V. Z.; FREITAS, A. V. L.; JIGGINS, C. D. Out of the Andes: patterns of diversification in clearwing butterflies. Molecular Ecology, v. 18, n. 8, p. 1716-1729, Apr. 2009. Citações Web of Science: 89.
SOSA-GOMEZ, DANIEL R.; HUMBER, RICHARD A.; HODGE, KATHIE T.; BINNECK, ELISEU; DA SILVA-BRANDAO, KARINA LUCAS. Variability of the Mitochondrial SSU rDNA of Nomuraea Species and Other Entomopathogenic Fungi from Hypocreales. Mycopathologia, v. 167, n. 3, p. 145-154, MAR 2009. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.