Busca avançada
Ano de início
Entree

Missão no sertão: catequese indígena e popular no sertão do nordeste: séculos XVIII e XIX

Processo: 01/07306-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2001
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Teoria Antropológica
Pesquisador responsável:Paula Montero
Beneficiário:Maria Cristina Pompa
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/02718-6 - Missionários cristãos na Amazônia brasileira: um estudo de mediação cultural, AP.TEM

Resumo

O pesquisa é uma análise histórico-antropológica da atividade missionária capuchinha, nos séculos XVIII e XIX, na região do médio São Francisco e áreas adjacentes. O trabalho dá continuidade a uma pesquisa anterior, financiada também pela Fapesp, sobre o processo de encontro entre indígenas e missionários no sertão do nordeste na época colonial. Aquela pesquisa terminou com a extinção das missões jesuíticas (1757). O objetivo é agora a recuperação do percurso histórico-cultural da pregação missionária capuchinha, nas novas situações históricas de encontro em área sertaneja, de 1760 até a República. O projeto tem dois objetivos básicos: 1) reconstituir o processo de construção do horizonte religioso "caboclo", sob o impulso do novo projeto missionário, através da prática das "santas missões" em algumas áreas que foram sucessivamente teatro de amplos movimentos sócio-religiosos; 2) continuar a "etnografia histórica" realizada no trabalho anterior, acompanhando, nos séculos XVIII e XIX, situações concretas de fusão dos grupos indígena na população "cabocla" ou, ao contrário, processos de manutenção e construção de autonomia cultural, que estariam na base dos fenômenos hodiernos de "etnogênese" no Nordeste. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.