Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos comportamentais e repercussões na aquisição de memória produzidos pela estimulação forçada contínua crônica em esteira pós-isquemia cerebral global em gerbilos avaliados pelo teste de esquiva passiva

Processo: 07/03077-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:João Eduardo de Araujo
Beneficiário:Vivian Mozol Pantaleo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Memória animal   Isquemia cerebral

Resumo

Os neurônios do Sistema Nervoso Central estão sujeitos eventos isquêmicos que causam danos neuronais em regiões vulneráveis do cérebro. A região hipocampal, que possui um importante papel no aprendizado e na memória está sujeita a esses danos. Estudos indicam que a isquemia global bilateral por oclusão das artérias carótidas externas induz a morte celular neuronal apoptótica no hipocampo. O Step-Through é um dos testes comportamentais mais utilizados para se avaliar a memória, quando aplicado o teste, é possível observar alterações comportamentais devido à perda de memória e de déficits de aprendizados gerados pela isquemia. Alguns estudos vêm investigando os efeitos dos exercícios nesse processo e qual a influência sobre a memória e o aprendizado. O aumento do fluxo sanguíneo no hipocampo durante o exercício é em parte responsável pela melhora na habilidade de aprendizado espacial associado com uma neurogenese hipocampal. Serão utilizados 84 gerbilos, pesando entre 50 e 70g. Cada animal do grupo isquêmico será anestesiado e terá a artéria carótida externa comum esquerda e direita ocluída por 5 minutos. Nos grupos Sham, a cirurgia será interrompida antes da oclusão das artérias. Para a avaliação da memória, será utilizada uma caixa de choque (SHUTTLE BOX) contendo dois compartimentos, um claro e um escuro, separados por uma porta automática. Todos os grupos serão treinados na caixa de choque, um dia antes do procedimento cirúrgico, por 10 vezes. Após o primeiro dia pós-protocolo inicial, os gerbilos serão testados na caixa de choque no 2º, 3º, 7º e 12º dia. O teste será aplicado no 12° dia. Para a estimulação motora, será utilizada uma esteira motorizada para roedores ajustada a uma velocidade fixa de 10m/s, por um período de quinze minutos. Os gerbilos serão estimulados 24h após a lesão, realizando um treinamento contínuo durante um período de 10 dias. Os gerbilos serão divididos em 7 grupos com n= 12. Grupo Controle: iIngênuos e sem estimulação motora. Grupo Controle estimulado: ingênuos e estimulados. Grupo Sham: submetidos à cirurgia, sem a produção de isquemia cerebral, sem estimulação motora. Grupo Sham estimulado: submetidos à cirurgia sem a produção de isquemia cerebral e estimulados. Grupo Operado: submetidos à cirurgia experimental, sem estimulação motora. Grupo Operado estimulado: submetidos à cirurgia experimental e estimulados. Após a realização dos experimentos, os animais anestesiados e perfundidos intracardiacamente, serão então, decapitados e seus cérebros removidos, congelados, submetidos a técnicas histológicas adequadas, preparados em lâminas de microscopia, utilizando-se a técnica de Hematoxilina e Eosina. Os dados da ativação comportamental serão analisados através do emprego de uma ANOVA e as diferenças entre os grupos serão demonstradas pelo teste post-hock de Dunett. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASSIANO SILVEIRA, ANA PAULA; KITABATAKE, TAKAE TAMY; PANTALEO, VIVIAN MOZOL; ZANGROSSI JUNIOR, HELLO; BERTOLINO, GUILHERME; DE OLIVEIRA GUIRRO, ELAINE CALDEIRA; DUTRA DE SOUZA, HUGO CELSO; DE ARAUJO, JOAO EDUARDO. Continuous and not continuous 2-week treadmill training enhances the performance in the passive avoidance test in ischemic gerbils. Neuroscience Letters, v. 665, p. 170-175, FEB 5 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.