Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do estresse oxidativo na indução de heperatividade do detrusor após um período de obstrução infravesical crônica

Processo: 07/53880-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Míriam Dambros
Beneficiário:Veridiana Costa Andrioli
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Bexiga urinária   Estresse oxidativo

Resumo

A Hiperplasia Benigna da Próstata apresenta-se como uma doença urológica que atinge aproximadamente 30% dos indivíduos do sexo masculino com idade superior a 60 anos. Na evolução desta ocorre o desenvolvimento de diferentes disfunções miccionais que levam a inúmeras queixas clínicas no paciente, afetando sua qualidade de vida de forma importante. Até o momento, a literatura descreve algumas hipóteses na tentativa de elucidar o mecanismo fisiopatológico pelo qual a obstrução infravesical levaria a deteriorização vesical. Entre as linhas de pesquisa, cita-se a aquela que descreve a presença de ciclos de isquemia seguida por um período de reperfusão, durante a micção de animais obstruídos, como a mais consistente e clara. O esclarecimento da participação da geração de radicais livres na obstrução infravesical e sua associação com o padrão de disfunção miccional apresentando na evolução da doença obstrutiva torna-se essencial a fim de que esta linha de pesquisa possa detalhar a fisiopatogenia da doença miccional no idoso e propor medidas preventivas e terapêuticas. Considerando o exposto, este subprojeto se propõe a utilizar a técnica de obstrução infravesical crônica em porquinho da índia) já que estes apresentam um trato urinário inferior fisiologicamente semelhante ao humano. Após a obstrução os animais terão suas bexigas avaliadas dinâmica e enzimaticamente, tornando possível a descrição de um padrão esperado entre "tempo de obstrução" - "níveis de estresse oxidativo" - características da disfunção miccional". O objetivo deste subprojeto será avaliar a participação dos radicais livres, através da dosagem de MDA e Capacidade Antioxidante Total no tecido vesical e prostático, na dinâmica vesical, após um período de obstrução infravesical crônica. (AU)