Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressao de c-fos em nucleos hipotalamicos apos lesoes quimicas cerebrais com nmda.

Processo: 02/13844-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria José Alves da Rocha
Beneficiário:Daniel Ricci
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Proteína Fos

Resumo

Alterações na osmolalidade do plasma provoca um aumento nas concentrações de Vasopressina (VP) e Ocitocina (OT). Animais com lesões eletrolíticas da região antero-ventrar de terceiro ventrículo (AV3V), tornam-se adípsicos e natremicos e quando são submetidos a desidratação por privação de água, não apresentam aumento nas concentrações plasmáticas de VP e OT. Esses animais também apresentam uma significante redução na expressão de c-fos nos neurônios dos núcleos supraópticos e para ventriculares do hipotálamo. Lesões eletrolíticas são inespecíficas, causando destruição indiferenciada de neurônios, fibras e células gliais. Esse tipo de lesão geralmente danifica áreas adjacentes interrompendo fibras e rompendo a vascularização. Exotoxinas como o n-metil D-aspartato (NMDA) tem sido utilizada no lugar de lesões eletrolíticas, porque esta substância tem a propriedade de destruir corpos celulares sem destruir e danificar áreas adjacentes. O objetivo deste presente trabalho e provocar lesões mais especificas com exotoxinas como o NMDA nos núcleos OVLT e MNPO que compõem a região AV3V e estudar o efeito na expressão de c-fos nos núcleos paraventrícular (PVN) e supraóptico (SON). (AU)