Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do cacau e de um doador de óxido nítrico na nefropatia diabética: papel da redução do estresse oxidativo e da inflamação e do aumento do óxido nítrico

Processo: 09/15056-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Jose Butori Lopes de Faria
Beneficiário:Alexandros Papadimitriou
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57560-0 - Efeitos do chá verde (Camellia sinensis), do cacau e de um doador de óxido nítrico na nefropatia e retinopatia diabética: papel da redução do estresse oxidativo e da inflamação e do aumento do óxido nítrico, AP.TEM
Assunto(s):Estresse oxidativo   Chá verde   Nefropatias diabéticas   Camellia sinensis   Polifenóis

Resumo

O diabetes melitus (DM) acomete cerca de 20 milhões de indivíduos no Brasil. Aproximadamente um terço destes indivíduos apresentará complicações renais. Embora na última década tenham ocorrido avanços importantes na compreensão e no tratamento desta complicação do DM, o número de indivíduos com falência renal por nefropatia diabética continua aumentando. Várias tinhas de evidências recentes sugerem que o aumento do estresse oxidativo e redução da biodisponibilidade do óxido nítrico desempenham papel crucial na patogênese da nefropatia diabética. Tem sido demonstrado em diversas condições, incluindo o DM, que substâncias ricas em polifenóis, como o chá verde e o cacau, podem reduzir o estresse oxidativo e aumentar a biodisponibilidade do óxido nítrico. A eficácia destas intervenções na nefropatia diabética são desconhecidas. Neste projeto nos propomos a: i. investigar os efeitos do cacau e de um doador de óxido nítrico na nefropatia diabética experimental; ii. investigar em cultura de células renais os mecanismos celulares e moleculares pelos quais aquelas substâncias protegem as células do rim; e iii. testar a eficácia do chá verde e do cacau na nefropatia de pacientes com diabetes mellitus.Hipótese: Aumento do estresse oxidativo e redução da biodisponibilidade do óxido nítrico desempenham papel crucial na patogênese da nefropatia diabética. Chá verde, cacau e doadores de óxido nítrico podem ser capazes de reverterem essas alterações e consequentemente serem efetivos na prevenção e tratamento da nefropatia diabética.Objetivos gerais:i. Testar se a administração de cacau ou de um doador do óxido nítrico em ratos diabéticos melhora a nefropatia e a diabética.ii. Investigar os efeitos do chá verde ou do cacau na nefropatia de indivíduos com diabetes mellitus.iii. Testar a hipótese de que a possível melhora da nefropatia diabética se faz por aumento da biodisponibilidade do óxido nítrico e redução do estresse oxidativo.iv. Identificar in vitro os mecanismos moleculares envolvidos na proteção renal com o chá verde, cacau ou doador de óxido nítrico.Metodologia: Indução do diabetes com estreptozotocina, aferição da pressão arterial com pletismógrafo, determinação de glicemia e albuminúria, estimativa da produção de superóxido, determinação da atividade da NAD(P)H oxidase, morfologia renal e da retina, cultura de células do rim e retina, Western biot, imunofluorescência (microscopia confocal) e imunohistoquímica.Cronograma de resultados previstos:Mês 0-6Avaliar se a administração do cacau a ratos SHR diabéticos melhora a nefropatia destes animais. Isso será estimado através da albuminúria e expressão renal e proteínas de matriz extracelular, como fibronectina e colágeno IV.Mes 6-12Continuação do iniciado e estimar a contribuição do estresse oxidativo: produção de superóxido, subunidades da NADPH oxidase (p47phox, Nox4, gp9lphox). Mes 12-18Estimar as consequências do aumento do estresse oxidativo e os efeitos nesses parâmetros do tratamento com cacau (lesão do DNA, 8-OHdG e nitração de proteínas, nitrotirosina).Mes 18-24Iniciar a cultura de células mesangiais e concluir os experimentos. Repetir aqueles que forem necessários.