Busca avançada
Ano de início
Entree

Metodologia microbiológica convencional e reação em cadeia pela polimerase (PCR) ná detecção dè Salmonella spp. Èm diferentes unidades analíticas dè carcaças dè frango

Processo: 09/52082-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Inspeção de Produtos de Origem Animal
Pesquisador responsável:Jose Paes de Almeida Nogueira Pinto
Beneficiário:Fábio Sossai Possebon
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Salmonella   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

A pesquisa de Salmonella spp. em carcaças de frangos pode se dar a partir de várias unidades analíticas, com resultados bastante díspares entre si. Tais diferenças podem comprometer o Programa de Redução de Patógenos instituído pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), destinado à monitoração da presença do patógeno em carcaças de frangos colhidas ainda na indústria, logo após a etapa de gotejamento. Assim, torna-se importante investigar dentre as unidades analíticas, aquela que possibilitará a melhor performance na recuperação de Salmonella nas amostras analisadas. Para tanto, o emprego de uma técnica com alta sensibilidade, tal como a Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR) poderá se constituir em uma ferramenta essencial na definição da unidade analítica a ser empregada na pesquisa de Salmonella neste tipo de amostra. (AU)