Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do perfil proteômico do biofilme dental formado na presença de glicose + frutose e sacarose in situ

Processo: 03/05795-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Jaime Aparecido Cury
Beneficiário:Tatiana Meulman Leite Bortolaci
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Frutose   Glicose   Proteínas   Sacarose

Resumo

Sacarose é fermentável a ácidos pela placa dental tanto quanto seus monossacarídeos componentes (G+F), entretanto ela é mais cariogênica. Esta maior cariogenicidade deve estar ligada a matriz do biofilme formado na presença de sacarose que aquele formado na presença de G+F (Cury et al., 2000) e diferenças no perfil protéico, mostradas-em eletroforese unidimensional (SDS-PAGE), podem ajudar na explicação desta diferença. Sendo assim, o objetivo desse estudo será avaliar o perfil protéico da placa dental formada na presença de glicose+frutose ou sacarose através de eletroforese em duas dimensões (2D-PAGE). Será realizado um estudo in situ do tipo cruzado, duplo cego e dividido em 3 fases de 14 dias. Três voluntários utilizarão em cada fase um-dispositivo palatino contendo 8 blocos de esmalte humano hígidos. Água destilada e delonizada, glicose 10% + frutose 10% ou sacarose 20% será gotejado sobre os blocos 8x/dia. Os voluntários utilizarão dentifrício fluoretado (1100 ppm F, contendo sílica como abrasivo). Após 14 dias, a coleta de placa será realizada para extração de proteínas da matriz do biofilme utilizando NaOH 0,1N contendo EDTA 1mM (50 ul/mg de biofilme dental). O perfil protéico da matriz do biofilme será avaliado através de eletroforese em duas dimensões (2D-PAGE). Será realizada análise do perfil protéico da saliva não estimulada como controle adicional. Serão determinadas as concentrações de F, Ca, Pi e polissacarídeo insolúvel no biofilme dental. (AU)