Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação mecânica da colagem estrutural entre compósitos poliméricos e materiais metálicos utilizados em dutos petroquímicos

Processo: 10/01198-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial
Pesquisador responsável:Michelle Leali Costa
Beneficiário:Karol Berti Oushiro
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Ensaios mecânicos   Carbono

Resumo

O desenvolvimento da tecnologia dos compósitos estruturais tem como uma de suas finalidades formar um conjunto de materiais que combine elevados valores de resistência mecânica e rigidez e baixa massa específica. Estes materiais têm mostrado um excelente potencial em aplicações, devido às suas excelentes propriedades mecânicas como resistências à fratura, à fadiga, à tração e à compressão, bem como sua resistência à corrosão e à propagação de chamas. Hoje, empresas como a Embraer e PETROBRÁS e instituições de pesquisa como a NASA e a Delft University (Holanda), já estão trabalhando com estes materiais com reconhecidas vantagens em termos de ganho de peso, aumento de desempenho e baixa corrosão. Devido a estas características, vem sendo estabelecido trabalhos em parceria entre a UNESP e a PETROBRÁS, com a finalidade de utilizar o conhecimento gerado na fabricação e utilização de compósitos para o desenvolvimento de tubulações petroquímicas, utilizando a infra-estrutura criada e desenvolvida em nossos laboratórios com financiamento da FAPESP e CNPq. Desta forma, está sendo proposto esse projeto de pesquisa que objetiva avaliar a influência do condicionamento ambiental na colagem estrutural entre materiais metálicos (aço-carbono) e compósitos de fibras de vidro, utilizados na fabricação de dutos petroquímicos. Para este fim, durante o desenvolvimento deste projeto de pesquisa, amostras a serem fornecidas pela Petrobrás, serão avaliadas por ensaios mecânicos. Com o intuito de simular uma situação real a qual estes dutos estarão expostos, estas amostras serão submetidas a ciclagens térmicas variando a temperatura de -10°C a 80°C (fadiga térmica). Os resultados obtidos a partir dos ensaios anteriormente mencionados serão comparados antes e após estes condicionamentos. Este projeto de pesquisa encontra-se vinculado a dois outros projetos da FAPESP sendo estes: projeto regular n° 06/06299-4 e projeto regular n° 08/00171-1.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.