Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resposta transcricional em Gracilaria tenuistipitata: análise de microarrays de cDNA, quando a alga e submetida a estresse como os metais cobre e cádmio

Processo: 06/61325-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Pio Colepicolo Neto
Beneficiário:Ana Lucia Peluzzo
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/13482-6 - Aspectos da adaptação bioquímica ao estresse de poluentes em micro e macroalgas marinhas: modulação de antioxidantes celulares e expressão de proteínas de defesa, AP.TEM
Assunto(s):Agar   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Biblioteca gênica

Resumo

Este projeto se tem ao estudo das algas vermelhas, que são extremamente atrativas para propósitos de biotecnologia. Essas algas são importantes porque elas contem ficobilinas e carotenóides, pigmentos acessórios fotossintéticos, possuem ácidos graxos insaturados e sintetizam uma parede celular única com polissacarídeos sulfatados. Esta última característica confere as algas vermelhas um alto valor comercial como fontes produtoras de ágar, um hidrocolóide amplamente utilizado na indústria alimentícia, farmacêutica e biotecnológicas. Visto que existem poucos estudos de análise da expressão gênica em reposta a estresses ambientais realizados em algas vermelhas, nos propusemos estudar a expressão gênica em grande escala através da técnica de microarrauys de cDNAs na macroalga marinha Gracilaria tenuistipitata, quando esta é submetida a estresses com metais pesados. A macroalga Gracilaria tenuistipitata é uma espécie que exibe uma grande tolerância a variações de temperatura e salinidades. Produz elevada quantidade de agarocolóides sendo que fração de agarose é bem alta, despertando grande interesse econômico, devido aplicações biotecnológicasda agarose. Esta espécie vem sendo utilizada em estudos fisiológicos, bioquímicos e moleculares, servindo como organismo modelo dentre as lagas vermelhas para este tipo de análise. Analisando o padrão da expressão gênica desta alga, em situações fisiológicas de interesse, pode-se compreender os diferentes processos celulares. (AU)