Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do tratamento com losartan sobre a ativação da enzima NAD(P)H oxidase em ilhotas pancreáticas isoladas de modelo experimental de resistência insulínica

Processo: 08/58003-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Aparecida Emiko Hirata
Beneficiário:André Abou Haidar
Instituição-sede: Departamento de Fisiologia. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse oxidativo   Obesidade   Insulina

Resumo

A resistência à insulina é considerada a principal característica fisiopatológica da Síndrome Metabólica. Diversos mecanismos associam a resistência à insulina com a hipertensão e tais fatores associados frequentemente progridem para o desenvolvimento do diabetes e doenças cardiovasculares. A Síndrome Metabólica é definida por um conjunto de anormalidades que incluem a intolerância à glicose, hipertensão, obesidade abdominal e dislipidemia. Considerando o grande número de evidências associando hipertensão, resistência à insulina e o desenvolvimento do DM2, e uma possível ação autócrina e/ou parácrina da Ang II sobre os diferentes tecidos é provável que a presença do SRA tenha alguma função importante em tais patologias. A obesidade e o diabetes são considerados estados pró-inflamatórios cujos mecanismos de sinalização estão envolvidos no desenvolvimento do estado de resistência insulínica. Fatores pró-inflamatórios induzem a produção de EROS via ativação da NAD(P)H oxidase e está, é capaz de ativar a transcrição de diferentes genes pró-inflamatórios. Desta forma os objetivos deste projeto são avaliar o efeito do tratamento com losartan sobre a expressão protéica e o RNAm dos componentes da enzima NAD(P)H oxidase e do AT1 e ilhotas pancreáticas de modelo experimental de resistência insulínica. Além disso, visamos avaliar também a produção de superóxido em ilhotas pancreáticas. (AU)