Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteína prion celular e mecanismos de transdução de sinal na epilepsia de lobo temporal: aspectos genéticos, neuroquímicos e clínico patológicos

Processo: 02/03965-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2002
Vigência (Término): 19 de novembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Americo Ceiki Sakamoto
Beneficiário:Roger Walz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/07124-8 - Papel da proteína prion celular em processos fisiológicos e patológicos, AP.TEM
Assunto(s):Transdução de sinais

Resumo

A prevalência da epilepsia varia entre 5 e 10 casos a cada 1.000 habitantes. A epilepsia resulta da interação entre fatores adquiridos e predisposição genética. Cerca de 20% dos pacientes cora epilepsia são refratários ao tratamento farmacológico, sendo candidatos a tratamento cirúrgico. Estima-se que 70-80% dos pacientes das séries cirúrgicas sejam de epilepsia de lobo temporal e destes 90% apresentam esclerose mesial temporal (EMT). A proteína Prion Fisiológico (PrPc) está envolvida com: neurogênese, apoptose, diferenciação neuronal, plasticidade neuronal e transdução de sinal, modulação do limiar convulsivo e neuroproteçâo "in vivo" e "in vitro". Recentemente demonstramos que uma mutação e dois polimorfismos raros do gene que codifica o PrPc (PRNP) são fatores de risco independentes para o desenvolvimento de epilepsias intratáveis, incluindo as relacionadas a EMT (submetido para Nature Medicine). Nosso objetivo é determinar a repercussão dos alelos variantes do PRNP sobre distribuição do PrPc, sobre os mecanismos bioquímicos de transdução de sinal, neuroplasticidade no tecido cerebral de pacientes com epilepsia relacionada a EMT tratados cirurgicamente. Estes dados neuroquímicos e genéticos serão então correlacionados com dados clínicos, eletrofisiológicos, neuropsicológicos, psiquiátricos, neuroimagem, histopatológicos e resposta ao tratamento cirúrgico. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RICARDO GUARNIERI; JAIME EDUARDO CECÍLIO HALLAK; ROGER WALZ; TONICARLO RODRIGUES VELASCO; VERIANO ALEXANDRE JÚNIOR; VERA CRISTINA TERRA-BUSTAMANTE; LAURO WICHERT-ANA; AMÉRICO CEIKI SAKAMOTO. Tratamento farmacológico das psicoses na epilepsia. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 26, n. 1, p. -, Mar. 2004.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.