Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressao de genes que codificam lipoproteinas de leptospira interrogans em e.coli.

Processo: 07/51682-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ana Lucia Tabet Oller Do Nascimento
Beneficiário:Mariana Tamazato Longhi
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/09948-8 - Clonagem e expressão de proteínas com potencial uso vacinal e em diagnóstico identificadas do genoma da bactéria Leptospira interrogans sorovar Copenhageni, AP.TEM
Assunto(s):Clonagem   Genômica funcional   Leptospira interrogans   Lipoproteínas

Resumo

A leptospirose é uma zoonose de importância global que nos últimos anos vem sendo considerada uma das principais doenças infecciosa emergentes. A distribuição geográfica da doença é principalmente cosmopolita estando associada à baixa qualidade de vida da população. No Brasil, como em outros países em desenvolvimento, a maioria das infecções ocorre através do contato com águas contaminadas por urina de ratos (principais reservatórios da doença). A ineficácia ou inexistência de infra-estrutura e saneamento básico adequado são condições favoráveis à alta endemicidade e ás epidemias. Para controlar a doença são necessários não só a "implementação" das formas "convencionais" de controle, mas também o desenvolvimento de novas estratégias. O desenvolvimento de uma vacina efetiva e com mínimos efeitos adversos é uma estratégia importante para complementar as formas de prevenção. Vários estudos têm sido conduzidos visando identificar e caracterizar antígenos relevantes envolvidos no processo de interação patógeno-hospedeiro. O presente projeto propõe: (i) clonagem é expressão de duas novas lipoproteínas preditas identificadas durante o sequenciamento e anotação dos genes do projeto genoma de L. interrogans sorovar Copenhageni, (ii) avaliação do reconhecimento das proteínas recombinantes por anticorpos IgG humanos, (iii) purificação dos antígenos nativos reconhecidos pelos anticorpos policlonais anti-LIC12895 e LIC13011 e (iv)avaliação da imunogenicidade das proteínas recombinantes após imunização experimental. (AU)