Busca avançada
Ano de início
Entree

Redução do escoamento superficial em áreas urbanas

Processo: 05/50318-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Zuffo
Beneficiário:Alessandro Hirata Lucas
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Drenagem urbana   Escoamento superficial   Infiltração superficial   Reservatórios

Resumo

Este trabalho pretende estudar o efeito da impermeabilização do espaço geográfico urbano no agravamento dos escoamentos superficiais e das enchentes. As enchentes são fenômenos naturais que ocorrem periodicamente nos cursos d'água devido a chuvas de magnitude elevada. As enchentes em áreas urbanas podem ser decorrentes destas chuvas intensas de largo período de retomo ou devidas a transbordamentos de cursos d'água provocados por mudanças no equilíbrio no ciclo hidrológico em regiões a montante das áreas urbanas ou ainda, devidas à própria urbanização (POMPÊO, 2000), Hoje em dia são adotadas diversas soluções tais como: construção de "piscinões"; obras de contenção; definição de leis que obriguem os proprietários dos terrenos a manter uma porcentagem do terreno permeável; estudos com pavimento permeável na redução do escoamento superficial e medidas não-estruturais. A pesquisa fará um levantamento bibliográfico das diversas soluções estruturais e não-estruturais adotadas e sugeridas, de forma sistemática, em diferentes localidades e países, bem como análise de casos que justifiquem a adoção de uma ou outra solução. (AU)