Busca avançada
Ano de início
Entree

Diagnóstico e espacialização dè indicadores da sustentabilidade estrutural dè solos sob cultivo dè cana-de-açúcar, N‚O Estado de São Paulo

Processo: 01/13662-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2002
Vigência (Término): 31 de agosto de 2005
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Kléber Pereira Lanças
Beneficiário:Reginaldo Barboza da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Compactação dos solos

Resumo

O tráfego de máquinas sobre as áreas agrícolas, quando não causa cisalhamento (ruptura total da estrutura), compacta o solo provocando um desarranjo e desequilíbrio de seus atributos físicos e mecânicos. Os efeitos da mecanização na cultura de cana-de-açúcar tem sido objeto de várias pesquisas, mas o que se observa, até então, são estudos apenas de constatações e, geralmente, de propriedades de comportamento efêmero, as quais, devido à dinâmica e exaustiva motomecanização, não se justificam como parâmetros recomendados para estudos da sustentabilidade estrutural desses pedoambientes agrícolas. Utilizando uma visão preditiva e preventiva do comportamento estrutural do solo, este projeto de pesquisa tem como objetivo o estudo de: a) modelos de compressibilidade com base na pressão de preconsolidação (?p), por ser um preditor da máxima pressão que um solo pode suportar a diferentes umidades, sem causar compactação adicional; b) modelos de cisalhamento, representado pela tensão (?), que quantifica o valor do esforço cortante (causado pêlo implemento ou rodado), necessário para provocar a deformação contínua até a ruptura do solo; e c) modelos de resistência mecânica do solo à penetração (estudos de penetrometria) que considerem a anisotropia, a variação da umidade e a capacidade de suporte do solo e, d) a partir da variabilidade espacial de cada pedoambiente, propor regressões e cartas georeferenciadas que mostrem a distribuição espacial dos seus atributos físicos e mecânicos. (AU)