Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de um nitrosilo complexo de rutênio e de complexos fotossensibilizadores com ligantes quinolícos em sua esfera de coordenação

Processo: 08/00610-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Sofia Nikolaou
Beneficiário:Renata Lopes Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fotoquímica inorgânica   Óxido nítrico   Rutênio

Resumo

Neste projeto, pretende-se sintetizar e caracterizar um novo nitrosilo complexo de rutênio de fórmula cis-[Ru(biq)2(py)(NO)](PF6)3, onde biq = 2,2´-biquinolina e py= piridina, e dois outros complexos de rutênio, a saber [Ru(biq)2Cl2] e [Ru(biq)3](PF6)2 (cuja rota sintética já esta descrita na literatura), com o objetivo de utilizá-los como fotossensibilizadores para a labilização do ligante NO do nitrosilo complexo de rutênio. O fator que justifica esta proposta é a potencialidade de se utilizar este tipo de complexo como agente liberador de espécies reativas de óxido nítrico (ERONs), para atuar como vasodilatador, tumoricida e em terapia fotodinâmica (TFD), mediante sua sensibilização através da irradiação dos compostos sensibilizadores. A escolha do ligante biquinolina neste projeto de Iniciação Científica completa a série originalmente proposta no projeto de pesquisa FAPESP 05/01069-8 e ocorreu em função da verificação de que a influência de ligantes quinolínicos (isoquinolina e quinazolina) nas propriedades eletrônicas de nitrosilos complexos de rutênio é aumentada em relação à influência de ligantes piridínicos (resultado observado em outro trabalho de iniciação científica, Elisa C. Fornari, bolsista PIBIC). A idéia de se utilizar os complexos [Ru(biq)2Cl2] e [Ru(biq)3](PF6)2 como fotossensibilizadores advém do fato de que ambos os compostos apresentam bandas de absorção relativamente intensas na região do visível e, a presença do ligante 2,2´-biquinolina em suas esferas de coordenação representam sítios de reconhecimento para interação hidrofóbica, o que deverá promover a interação entre o sensibilizador e o nitrosilo complexo de rutênio. O complexo inédito cis-[Ru(biq)2(py)(NO)](PF6)3 deverá ser caracterizado através de experimentos de espectroscopia UV-vísivel, infra-vermelho, RMN e espectrometria de massa, voltametria cíclica e de pulso diferencial. A caracterização dos complexos fotossensibilizadores deverá ser completada, através dos mesmos procedimentos propostos acima, na medida da necessidade de dados adquiridos nas mesmas condições ou da indisponibilidade de dados na literatura. Por fim, deverão ser realizados testes de fotolabilização do ligante NO através da irradiação da amostra na presença dos fotolabilizadores, sendo que a detecção do NO será feita através de medidas amperométricas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.