Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da radiação ultra-violeta no controle da contaminação microbiana dos fluidos de corte

Processo: 04/10848-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2005
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Eduardo Carlos Bianchi
Beneficiário:Francine Amaral Piubeli
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Fluido de corte   Usinagem   Retificação   Micro-organismos

Resumo

O grande aumento na utilização do fluido de corte, cujas funções são essenciais para, entre outras, refrigerar e lubrificar peças e ferramentas nos processos de retificação e usinagem tem criado grandes problemas para a indústria sobretudo quando esse óleo precisa ser descartado, pois trata-se de um produto altamente poluente para o meio ambiente. Esse descarte é acarretado principalmente devido a sua contaminação por microrganismos que degrada o fluido. Por apresentar características adequadas para a proliferação microbiana como temperatura, pH e nutrientes até hoje ainda não foi encontrada uma forma eficiente e segura de controlar a contaminação desse produto. Além disso a proliferação microbiana nos fluidos de corte representa grandes riscos à saúde dos operários e os produtos antimicrobianos empregados são altamente sensibilizantes. Este trabalho pretende experimentar a ação da radiação ultravioleta do tipo C sobre os microrganismos contaminantes do fluido de corte. Considerando que os raios ultra violeta possuem poderosa ação destruidora de microrganismos pretendemos aumentar a vida útil do fluido de corte através da incidência desses raios sobre o fluido. Para isso serão adaptadas lâmpadas emissoras de raios UV no depósito do fluido de corte. O crescimento microbiano será analisado através do cultivo de amostras coletadas durante o experimento. (AU)