Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de entraves institucionais ligados à legislação, inspeção e fiscalização sanitária que afetam as exportações brasileiras de carne bovina

Processo: 09/15744-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Setores Específicos
Pesquisador responsável:Gessuir Pigatto
Beneficiário:Pâmela Cristina de Godoy
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Assunto(s):Fiscalização   Pecuária de corte

Resumo

A cadeia produtiva de carne bovina possui representatividade na economia brasileira com uma produção estimada em 9,8 milhões de toneladas, e exportações de 2,0 milhões de toneladas em 2008. Apesar da representatividade, a cadeia da pecuária de corte brasileira sofre desafios mercadológicos em razão de restrições comerciais, tarifárias e principalmente, não tarifárias que se proliferam à medida que essas atividades perdem competitividade em seus países. Novos desafios surgem também, à medida que cresce a preocupação com a qualidade e segurança dos alimentos, tornando a carne bovina brasileira alvo de constantes inspeções, referindo-se ao controle de doenças que atingem com maior freqüência o rebanho, como a febre aftosa. Com isso, nota-se o surgimento de diversas restrições ao seu desenvolvimento, pautadas nos entraves institucionais, referentes à legislação, inspeção e fiscalização sanitária, além dos entraves ambientais, sociais e políticos. Dessa forma, o objetivo principal do trabalho é identificar os principais entraves institucionais externos ligados à legislação, inspeção e fiscalização sanitária que afetam o desempenho econômico da Cadeia Brasileira da Pecuária de Corte no mercado internacional, que podem ser utilizados como instrumentos para o surgimento de restrições ao acesso da carne bovina brasileira ao mercado consumidor