Busca avançada
Ano de início
Entree

Ultramorfologia, histologia e histoquímica da glândula hipofaringea de formigas "Atta Sexdens rubropilosa" (Forel 1908) (Formicidae: Myrmicinae)

Processo: 02/03735-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2002
Vigência (Término): 30 de setembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Flavio Henrique Caetano
Beneficiário:Jônatas Bussador Do Amaral
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Glândulas salivares   Histoquímica   Formigas   Histologia

Resumo

Dentro do grupo dos insetos, a ordem dos Isoptera e a dos Hymenaptera desenvolveram organização social, sendo assim, os indivíduos destes grupos possuem interdependência elevada, não sobrevivendo fora da colônia. Os cuidados com a prole, sobreposição de gerações e divisão de trabalho por castas, são comportamentos característicos destes insetos e culminam no desenvolvimento da socialidade. Estes comportamentos são regidos por um sistema de comunicação que, para suprir esta complexidade, apresenta-se bastante desenvolvido. Neste contexto, as glândulas exócrinas são muito importantes. Dentre estas glândulas, podemos destacar aquelas do complexo salivar, constituído pelas glândulas hipofaríngeas, pós-faríngeas, mandibulares e salivar do tórax. A glândula hipofaríngea, muito estudada em abelhas, é pouco conhecida nas formigas. Devido a isso, toma-se necessário uma descrição mais completa desta, com o propósito de verificar se a secreção desta glândula estaria relacionada somente a funções digestórias. Este projeto visa a obtenção de informações sobre a glândula hipofaríngea nas formigas Atta sexdens rubropilosa, tanto no aspecto histológico, histoquímico e ultramorfológico, tentando assim correlacionar com sua função dentro das castas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.