Busca avançada
Ano de início
Entree

Critica de arte: leitura de documentos historicos da associacao brasileira de criticos de arte - abca, relativos ao congresso internacional de criticos de arte de 1959.

Processo: 04/03198-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2004
Vigência (Término): 30 de junho de 2005
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Lisbeth Ruth Rebollo Goncalves
Beneficiário:Maria Zmitrowicz
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História da arte   Arquitetura   Crítica de arte

Resumo

A pesquisa tem como escopo a leitura, transcrição e análise sistematizadas de documentos produzidos no âmbito do Congresso Internacional Extraordinário de Críticos de Arte - Brasília/São Paulo/Rio de Janeiro - de 17 a 25 de setembro de 1959, existentes no acervo da Associação Brasileira de Críticos de Arte. Este trabalho insere-se nos quadros do Laboratório de Crítica de Arte, criado pelo convênio ECA/ABCA, em novembro de 2000. A documentação a ser analisada constitui-se de comunicações realizadas no mencionado Congresso, material este ainda inédito e apresentado nas línguas portuguesa e francesa. O Congresso em questão ocorreu concomitantemente em três cidades brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília (alguns meses antes de sua fundação). A inauguração do Congresso deu-se em Brasília, com a presença do então presidente Juscelino Kubitschek e de renomados críticos de arte; os principais organizadores foram Mário Pedrosa e Mário Barata, sendo, presidente da Associação Brasileira de Críticos de Arte - ABCA Sérgio Milliet. Vale ainda ressaltar que este foi o único Congresso realizado pela Associação internacional de Críticos de Arte - AICA e UNESCO no Brasil, e contou com a presença de críticos de arte, arquitetos e urbanistas estrangeiros como, por exemplo, Giullo Carlo Argan, Bruno Zevi, Sir William Holford e Gillo Dorfles. (AU)