Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da composição de subfrações de HDL isoladas de pacientes diabéticos tipo 2 e sua influência sobre a remoção de colesterol celular

Processo: 03/05175-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2003
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Edna Regina Nakandakare
Beneficiário:Patricia Helena Gilberto Rios Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aterosclerose   Diabetes mellitus   HDL-Colesterol

Resumo

Modificações no metabolismo das lipoproteínas provocadas pela glicose têm sido apontadas como importante causa para o acúmulo de colesterol em macrófagos e, conseqüentemente na predisposição para complicações macrovasculares. No diabete melito, as alterações no transporte reverso do colesterol são controversas. A capacidade de remoção do colesterol celular pelas HDL glicadas in vitro está reduzida em alguns estudos, enquanto que em outros não se mostram alterações. Em estudo, utilizando HDL de diabéticos mal controlados, observou-se menor capacidade de remover o colesterol de macrófagos de peritônio de camundongo, enriquecidos com colesterol, porém a HDL glicada in vitro não diferiu da HDL controle. Evidências demonstram que alterações na composição da HDL, em lípides e proteínas, podem contribuir para a redução da remoção do colesterol. O fluxo de colesterol entre as células e HDL depende, entre outros fatores, do conteúdo de colesterol e fosfolípides do aceptor e da membrana celular. Propomos analisar a composição em lípides (colesterol éster, colesterol livre, triglicérides, fosfolípides e frações de fosfolípides) e apo Al, de HDL2 e HDL3 isoladas de pacientes portadores de diabete tipo 2 mal controlado, e relacionar com a remoção de colesterol celular. (AU)